"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre"

"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre" Lance Armstrong


quarta-feira, 16 de março de 2016

Jovens são os mais afectados por assédio moral no trabalho

Os jovens luxemburgueses e franceses são os que maior risco correm de serem assediados moralmente no local de trabalho, revela um estudo da Câmara dos Assalariados do Luxemburgo (Chambre des Salariés).
Um terço dos trabalhadores mais afectados por assédio moral no local de trabalho ('mobbing') no Luxemburgo têm entre 16 e 24 (30,1%). Em contrapartida, só 8,7% dos trabalhadores com idade superior a 55 anos são afectados pelo fenómeno.
Este tipo de assédio é menos comum nas pequenas empresas e junto dos funcionários que trabalhem para uma empresa há 20 ou mais anos(10,8%), ainda segundo este estudo. O assédio moral no trabalho é mais frequente em empresas que estejam a atravessar uma fase de despedimentos.
Os trabalhadores não qualificados e os gerentes são os que menos sofrem este tipo de assédio, acrescenta ainda o estudo.  

Fonte: Contacto

Nenhum comentário:

Postar um comentário