"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre"

"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre" Lance Armstrong


sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Sindjus cria plantão para atender casos de assédio moral e violência no trabalho

Visando a enfrentar o problema do assédio moral no ambiente de trabalho, o SindjusRS implantou um horário exclusivo para atendimento de trabalhadores que sofrem com esse problema. O plantão será nas quintas-feiras, das 13h30 às 16h, na sede do Sindicato. Saiba mais sobre o atendimento abaixo.
Denuncie!

Se você, ou um colega, sofre com:

- Algum tipo de constrangimento e/ou humilhação;

- Circunstâncias onde predominam condutas negativas, desumanas e antiéticas de um ou mais chefes;

- Conjunturas que ocasione problemas de saúde e opressão.

Assédio moral é a exposição dos trabalhadores a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas vezes durante a jornada de trabalho e no exercício das funções. A situação ocorre, geralmente, em relações hierárquicas autoritárias, onde predominam condutas negativas, desumanas e antiéticas, de um ou mais chefes dirigida a um ou mais subordinados. Como consequência dessa problemática, o assédio moral desestabiliza a relação da vítima com o ambiente de trabalho e a organização.

A gestão por injúria e o assédio moral são práticas cruéis que atentam contra a dignidade da pessoa humana.

Ambiente de trabalho que estimula a competitividade e onde prevalece a precarização das atividades que são desenvolvidas denota que o clima organização é a fonte causadora de sofrimento no trabalho.

“A maior recompensa e motivação, é atingir os objetivos e metas com satisfação e alegria, principalmente com a união e bem estar de todos, deixando de lado rancores, maldades, orgulho, competição e etc. Tornar tudo mais fácil e prazeroso, tornar o lugar onde você está, ou seja, em casa, na rua, na escola ou no trabalho o melhor ambiente possível, incentivando todos a caminharem na mesma direção e com o mesmo objetivo, satisfazendo todas as necessidades legítimas.” Hunter, James C., O Monge e o Executivo

Luta por saúde, trabalho digno, contra o autoritarismo, a sobrecarga de trabalho e o combate ao assédio moral é política permanente do SINDJUS e será realizada através do Departamento de Saúde do Trabalhador e Combate ao Assédio Moral.

Entraremos em contato para orientá-lo, sem divulgar sua identidade. Se preferir, ligue para o Sindicato e informe-se sobre como prevenir, combater ou receber uma palestra sobre o tema, com suporte jurídico e psicológico durante o encontro.


Fonte: JusBrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário