"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre"

"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre" Lance Armstrong


segunda-feira, 6 de julho de 2015

MPT em São Paulo lança campanha contra assédio moral





Pressão excessiva por metas, ameaças, humilhações, discriminação, às vezes na frente de colegas e clientes: tudo na busca por lucro ou pela vontade de mostrar poder. As consequências do assédio moral podem ser desastrosas para o trabalhador. Por isso o Ministério Público do Trabalho em São Paulo (MPT-SP) lançou em 2 de Julho uma Campanha de Combate ao Assédio Moral. Ao longo de julho e agosto de 2015 serão veiculados anúncios em TV, rádio e jornal nos principais veículos de comunicação alertando para a necessidade de respeito no local de trabalho.

Com direção do pernambucano Heitor Dhalia (dos filmes “Serra Pelada”, 2013, “À deriva”, 2009, e “O cheiro do ralo”, 2006), o vídeo da campanha mostra um chefe reunindo vários subordinados para apontar um deles, chamando-o de “incompetente do mês”. Veja o vídeo aqui. Ouça o spot de rádio aqui.

O dinheiro para a campanha veio de um termo de ajuste de conduta (TAC) que o MPT-SP firmou com a Samsung em dezembro de 2014, em que a empresa foi obrigada a pagar R$ 10 milhões de multa e tomar medidas para evitar o assédio moral em suas unidades. Metade do valor foi usado para contratar a empresa de publicidade Leo Burnett, que criou e executou a campanha sob orientação do MPT, e comprar espaços nos veículos de comunicação. A metade restante foi destinada a instituições assistenciais como o Graac e a Faculdade Zumbi dos Palmares, entre outras.

midia impressa



Fonte: MPT 2a. Região





Nenhum comentário:

Postar um comentário