"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre"

"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre" Lance Armstrong


terça-feira, 15 de abril de 2014

MPT instaura procedimento de combate ao assédio moral nos bancos

 

A Procuradoria Regional do Trabalho da 18ª Região instaurou Procedimento Promocional (PROMO) com o objetivo de promover políticas públicas visando o combate do assédio moral, sendo que a atividade bancária será o primeiro setor de atividade a ser trabalhado quanto ao tema.

Durante audiência no Ministério Público do Trabalho em que estavam presentes representantes do Sindicato e da ASBAN, a procuradora-chefe, Dra. Janilda Guimarães de Lima, informou que o órgão pretende, juntamente com os representantes dos trabalhadores e das empresas, realizar uma jornada de discussões nas quais os trabalhadores e ocupantes de cargos de chefia nos bancos sejam levados a refletir a respeito dos maléficos efeitos do assédio moral interpessoal e organizacional na vida das pessoas (trabalhadores e familiares), na vida das empresas e na sociedade, já que todo trabalhador que fica adoecido, se for beneficiado da Previdência  Social, passa a ser mais custo para a sociedade brasileira.

A titular do MPT em Goiás também esclareceu que precisará da ajuda das entidades para a realização do primeiro workshop ou seminário sobre o assunto, previsto para acontecer em fevereiro de 2015.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Goiás, Sergio Luiz da Costa, afirmou de pronto que a nossa entidade sindical se dispõe a trabalhar em parceria no projeto proposto pelo MPT, tendo em vista que assédio moral atualmente é um dos maiores problemas enfrentados pela categoria bancária e que serão colhidas sugestões junto aos bancários quanto as idéias para realização do evento.

O representante da ASBAN, José Caetano Sobrinho, afirmou que levará a proposta à apreciação da Presidência para posterior manifestação quanto a possibilidade de trabalho em conjunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário