"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre"

"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre" Lance Armstrong


terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

SMCCU lança campanha de combate ao assédio moral

A Superintendência Municipal de Controle do Convívio Urbano (SMCCU) lançou, nesta quarta-feira (12), uma campanha para orientar os servidores sobre assédio moral no serviço público. O encontro, que aconteceu no auditório do órgão, é mais um instrumento encontrado pela Prefeitura para promover a qualidade de vida de seus servidores. 
O chamamento aconteceu de uma forma inusitada. A equipe de teatro da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), parceira do evento, passou em todas as salas da instituição para divulgar a iniciativa de um modo diferente. Em meio a brincadeiras e situações engraçadas, os servidores foram se dirigindo ao auditório para receber mais orientações sobre o assunto.
Atividades aconteceram no auditório da SMCCU
Atividades aconteceram no auditório da SMCCU

“Optamos pela abordagem teatral, pois, por meio dela, conseguimos disseminar mais facilmente questões fortes e polêmicas como o assédio moral no serviço público. As pessoas compreendem melhor o assunto quando ele é tratado de uma forma mais leve e direta”, ressaltou a coordenadora do Departamento de Recursos Humanos (DRH), Telma Bispo.
Na peça, três atores encenaram situações cotidianas de trabalho, ilustrando vários tipos de assédios. “Mostramos, de forma lúdica e educativa, várias formas de constrangimento que resultam em assédio moral. Esse problema pode atingir qualquer tipo de servidor independente do cargo”, alertou Pierre D´Almeida, ator e chefe da Divisão de Arte Educadores de Trânsito, da SMTT.
Membros do Psicossocial, divisão que faz parte do DRH, também falaram aos servidores sobre a importância do combate a essas discriminações. “Com esses esclarecimentos, o servidor vai distinguir melhor o que é verdadeiramente um assédio moral e poderá denunciar esses tipos de abusos aos seus superiores. Nosso foco é prevenir para que não tenhamos casos dentro da superintendência”, afirmou a psicóloga Cristina Freitas.
Ao final do evento, foram entregues aos participantes panfletos que explicam, em detalhes, os motivos e situações que configuram a prática do assédio moral, bem como as leis e projetos existentes que tratam do assunto. Ainda participaram do lançamento, coordenadores dos Departamentos de Recursos Humanos da SMTT e da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Samuel Ferreira / Ascom SMCCU

Fonte: Prefeitura de Maceió

Nenhum comentário:

Postar um comentário