"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre"

"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre" Lance Armstrong


quinta-feira, 20 de junho de 2013

AUDIÊNCIA PÚBLICA - ASSÉDIO MORAL NO SERVIÇO PÚBLICO


COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E LEGISLAÇÃO PARTICIPATIVA



O Senado Federal organiza, na segunda-feira, dia 24 do corrente, a partir das 9hs, no Plenário nº 2, Ala Senador Nilo Coelho, Anexo II, Senado Federal, audiência pública para tratar do problema do assédio moral no serviço público. O SINDITAMARATY terá assento à mesa.

Tendo em vista a importância da matéria, aliada ao atual momento de relatos graves de assédio moral no serviço exterior brasileiro, o SINDITAMARATY convida os servidores para comparecer. A presença de assistência numerosa é importante para o debate do tema, que precisa ser bem conhecido e identificado e requer tipificação legal o quanto antes. 

Fonte: SINDITAMARATY

4 comentários:

  1. Eu vou participar... Será que pode entrar ou tem que se inscrever antes??? Bom, vou pesquisar o significado exato da palavra Audiência Pública... Será que pode dar depoimento???? Eu vou com certeza!!!!! Será minha primeira participação referente a esse assunto que destruiu minha vida profissional, ou melhor, minha vida inteira...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Elaine, o maior objetivo de uma audiência pública é chamar a atenção do maior número possível de pessoas para um determinado assunto, que no caso em questão é o assédio moral no serviço público.
      Nos escreva depois contando qual foi a sua visão do encontro.
      Um abraço
      Assediados

      Excluir
    2. Escreverei sim... Vou com o objetivo de colocar toda o problema pelo qual estou passando... Espero poder me pronunciar, vou tentar de todas as formas!!! Obrigada pela resposta.
      Um abraço e fiquem com Deus,
      Elaine Piva-INSS/MPS

      Excluir
  2. Prezado(a),

    antes quero elogiar bastante a iniciativa deste blog.
    O que faço em caso de início de assédio moral. Quais leis me protegem dele no setor público?

    Minha coordenadora de ensino no Instituto Federal de Minas Gerais campus da cidade de Sabará da região metropolitana de Belo Horizonte MG está desobedecendo o regimento de ensino do campus. Nele, eu devo revisar as notas de uma aluna, mas ela quer eu envie os gabaritos das avaliações e quer compor uma banca para desse modo avaliar a justeza da minha correção! Isso não consta no regimento. Além do mais, estou em estágio probatório.

    Por favor, ajudem-me neste caso. Eu sou sindicalizado, já relatei o caso ao advogado dele.
    Atenciosamente, Professor Flávio Gomide

    ResponderExcluir