"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre"

"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre" Lance Armstrong


domingo, 5 de maio de 2013

Republicações 1

Começaremos a partir deste domingo a republicar os relatos de caso de assédio moral.

Estamos aguardando também a sua história, pois compartilhar o que se viveu, é uma forma de ajudar outros a entenderem e reconhecem o que estão sofrendo, além de dar voz aos seus sentimentos, quando muitas vezes ninguém mais os quer ouvir.

Relato 1 (Mudança de Chefia)

Há mais ou menos 3 anos a chefia do meu trabalho foi mudada. A nova chefia chegou aparentando muitos poderes e com atitudes muito agressivas com funcionários, em especial com os que não eram CLT e que consequentemente foram solicitando transferência para outros lugares por não conseguirem suportar tal gestão. O clima geral era muito tenso, e sempre era possível encontrar alguém chorando no banheiro.

Algum tempo depois da sua chegada, foi-me solicitado que assinasse um memorando afirmando ter participado de um determinado curso. Ao ver o tema do curso percebi que não o havia feito e apesar de ter escrito o meu nome, risquei e não carimbei. Na reunião semanal, alguns minutos depois, me justifiquei com a chefia por não ter assinado. Afirmei que não assinara porque não havia participado do curso e não sabia do que se tratava. Para minha surpresa e espanto, ela gritou comigo me mandando ir estudar diante de toda a equipe de trabalho. Todos os presentes se olharam incrédulos e nada comentaram. Senti-me imensamente envergonhada e humilhada.

Após o ocorrido pesquisei o tema do memorando e pedi para falar com ela. Disse que achava que ela tinha sido extremamente agressiva comigo e que me mandar estudar não era um problema, pois eu tinha sede de conhecimento. Sua reação foi apenas rir.

A partir daí procurei me manter mais distante, porque as agressões estavam sempre presentes, em atitudes de deboche com os que saiam, gritos, e comentários maldosos, que tornavam o ambiente de trabalho muito opressor.


Infelizmente este foi só o princípio das minhas dores e sofrimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário