"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre"

"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre" Lance Armstrong


sexta-feira, 12 de abril de 2013

Entrevista "ping-pong"com o psicólogo Arthur Lobato

O programa Horizonte Debate de quinta-feira 04/04 teve como tema o assédio moral. 

Além do psicólogo Arthur Lobato, estiveram debatendo o advogado Antonio Isnaldo, e a desembargadora Camilla Guimarães. O programa é apresentado pelo mestre e doutor em filosofia, professor da PUC Minas, Pe. Márcio Paiva.



Abaixo, algumas perguntas respondidas pelo psicólogo Arthur Lobato sobre a violência laboral que prejudica a saúde do trabalhador.

É possível traçar um perfil das causas dessa violência?
Arthur Lobato: O trabalho no mundo globalizado caracterizado por competitividade, individualismo e uso de novas tecnologias; o autoritarismo nas organizações, vivemos em uma sociedade onde o importante é ter, consumir, isto faz com que se perca os valores como a solidariedade entre as pessoas.

Quais os principais efeitos do assédio moral sobre a vítima?
Arthur Lobato: O assédio moral afeta psiquismo e o emocional das pessoas, causando queda na auto estima, e os sintomas podem evoluir para um quadro depressivo ou de extrema ansiedade.

Como os empregadores podem agir para eliminar o assédio moral?
Arthur Lobato: Isso depende da vontade da organização do trabalho de coibir e punir praticas que levam ao adoecer do trabalhador. 

A ação relacionada ao assédio moral difere de acordo com o sexo ou a idade da vítima?
Arthur Lobato: Geralmente o assedio é feito contra pessoas competentes e questionadoras.

O que as pessoas, como sociedade, podem fazer para acabar com o assédio moral?
Arthur Lobato: Dar visibilidade a este inimigo invisível  através de palestras, debates, reportagens, e denunciar na justiça do trabalho, ministério público, e justiça cível.

O que o trabalhador que se sente assediado pode fazer?
Arthur Lobato: Dependendo da empesa, conversar com as chefias, caso contrario deve procurar o sindicato e os órgãos citados acima.

Quais são os principais atos caracterizados como assédio moral?
Arthur Lobato: O importante é que o assédio moral é um conjunto de praticas perversas e desumanas, direcionados ao longo de um tempo contra um pessoa que se torna o alvo. Ha recusa da comunicação, ordens contraditórias, excesso de serviço sem prazo para executar, criticas constantes ao trabalho, reuniões não são avisadas criando uma imagem de incompetente na vítima, fofocas, brincadeiras ofensivas, o que leva o isolamento da vítima.

Há setores onde o assédio moral é mais recorrente?
Arthur Lobato: Para isso é necessário ver as pequisas e denuncias, mas o setor de serviços, vendas serviço público, tanto o setor bancário  como o de telemarketing possuem pesquisas, assim como os químicos de SP, metalúrgicos, jornalistas, enfim ha categorias que estão ha mais tempo nesta luta.

O que difere o assédio moral das outras formas de violência?
Arthur Lobato: O assédio moral é uma das violências no ambiente de trabalho, e se diferencia por ser feito de uma forma sutil, diferente do conflito, que é explícito.

O que leva ao assédio moral?
Arthur Lobato: Geralmente desmotivar uma pessoa competente, vista como ameaça para uma chefia incompetente  ou infernizar o ambiente de trabalho de forma que a vitima peça demissão.

Como a vítima pode vencer a barreira do medo e denunciar?
Arthur Lobato: Para isto é importante o vinculo de solidariedade e apoio ente os trabalhadores.

Qual o perfil de assediadores e assediados?
Arthur Lobato: Os assediados são pessoas competentes, responsáveis, e, os assediadores são pessoas que tem prazer em fazer mal aos outros, para se manter no poder ou ocultar sua incompetência.

Como estabelecer um nexo causal entre os sintomas da vítima e o ambiente de trabalho?
Arthur Lobato: Como assedio é feito de forma sutil o importante são as provas documentais e testemunhais.

Quais são os danos psicológicos que os assediados podem sofrer?
Arthur Lobato: Depressão, ansiedade, stress pós traumático, tendencias suicidas e suicídio.

Assédio moral pode causar depressão?
Arthur Lobato: Sim o assédio é um processo realizado ao longo do tempo que adoece o trabalhador.


Fonte: Assedio Moral e Saúde no Trabalho

2 comentários: