"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre"

"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre" Lance Armstrong


terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Prefeitura de Araraquara oficializa combate e prevenção ao assédio moral


Comissão empossada em dezembro traça plano de ação; dois casos foram registrados em 2012.


Manoela Marques

A Prefeitura oficializou a Comissão de Assédio Moral na primeira reunião do grupo, realizada na manhã de 07/02. A comissão, que foi empossada em dezembro do ano passado, após publicação de portaria, é composta por seis membros eleitos pelos servidores municipais e outros seis indicados pela administração.

Apesar de a formalização do grupo ser recente, já existia uma comissão provisória desde março de 2012. Nesse período, foram registrados dois casos de assédio moral envolvendo funcionários públicos. A assessoria de imprensa da Prefeitura diz que ambos foram arquivados após acordo entre as partes.

Ainda segundo a assessoria, “não é possível contabilizar se houve casos antes de março”, pois como não existia a comissão que os avalia, tudo era registrado como “processo administrativo”. 

Programa 

O objetivo do grupo é trabalhar a prevenção, demonstrando que o assédio moral traz sérias consequências à saúde física e mental dos profissionais envolvidos.

Na primeira reunião, o grupo discutiu a programação do ano, que será composta por palestras abordando a questão do assédio moral e da discriminação. Essas palestras serão direcionadas a diretores de escolas, administradores de unidades de saúde e demais servidores, devendo ser realizadas uma ou duas vezes por mês.

Em 2012, o assédio moral foi tema de palestras direcionadas aos superiores hierárquicos e também na Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Sipat) da Prefeitura.

No encontro de ontem, foi abordada ainda a definição do protocolo de atendimento.

O assédio moral caracteriza-se por exposição de trabalhadores a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções. 

Fonte: Araraquara.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário