"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre"

"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre" Lance Armstrong


terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Assédio moral e violência organizacional em unidade do banco HSBC em Curitiba

 Assédio moral: Agência HSBC CIC continua paralisada


PROTESTO, QUE INICIOU NO DIA 24, SEGUE PELO TERCEIRO DIA CONSECUTIVO. SINDICATO QUER SOLUÇÃO PARA O PROBLEMA

Nesta segunda-feira, 28 de janeiro, a paralisação na Agência HSBC Cidade Industrial de Curitiba (CIC) entra em seu terceiro dia. Diante do silêncio do banco inglês, as direções do Sindicato dos Bancários de Curitiba e região e da Fetec-CUT-PR continuam mobilizadas, cobrando uma solução efetiva para as recorrentes denúncias de assédio moral e violência organizacional praticados naquele local de trabalho.
Na avaliação do Sindicato, o banco HSBC está adotando uma postura intransigente: em vez de solucionar um problema já conhecido – o banco foi informado várias vezes das denúncias e já foram realizadas reuniões específicas sobre assédio moral na agência –, tem procurado dificultar a ação sindical. Segundo relatos, os funcionários estão sendo pressionados a trabalhar fora do horário, além da jornada e em outros locais.


“O Sindicato apresenta os problemas e o banco é responsável por solucioná-los”, afirma Carlos Alberto Kanak, coordenador nacional da COE/HSBC e dirigente do Sindicato.
Clientes e usuários apoiam ação sindical – Durante a paralisação, os dirigentes sindicais têm ouvido relatos de clientes e usuários que confirmam as dificuldades de atendimento na agência. São relatados atitudes grosseiras do gerente, como demissões de funcionários na presença de clientes, e ainda falta de espaço físico para atendimento de clientes.

Fonte: FETECPR

Nenhum comentário:

Postar um comentário